Ricardo Freitas - Site

Receba novidades por e-mail.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Dicas para projeto de Iluminação Residencial

LED está se tornando cada vez mais popular no Brasil, e não é para menos. Além de ser a opção mais econômica e sustentável, o LED permite que você ouse na criatividade e tenha um projeto muito mais personalizado.
Os benefícios do LED
A temperatura do vidro de uma lâmpada incandescente pode chegar a 110° celsius, enquanto a temperatura do vidro de uma lâmpada LED chega a 45°.
Uma lâmpada fluorescente gasta entre 13 e 15 watts enquanto uma de LED consome entre 6 e 8 watts.
A vida útil de uma lâmpada LED é de 55 mil horas, já a vida útil de uma lâmpada fluorescente é de apenas 8 mil horas.

Tipos de Iluminação

Já deu para ver que nós levamos iluminação a sério por aqui, não é? Agora que você já sabe que o LED pode te ajudar a economizar enquanto preserva o planeta, chegou a hora de conhecer os usos que ele pode ter na sua casa.

ILUMINAÇÃO DIRETA



iluminação direta é aquela que incide diretamente sobre uma superfície. Ela é usada quando se precisa de uma fonte de luz mais focada, como em uma mesa de estudos. Spots e abajures são os melhores acessórios para a iluminação direta, mas é preciso ter cuidado quanto à sua utilização, pois esse tipo de iluminação pode se tornar intensa e cansativa.

ILUMINAÇÃO INDIRETA



iluminação indireta é refletida por outro objeto antes de iluminar o ambiente. Essa superfície pode ser um difusor ou até mesmo a própria parede. É a forma mais utilizada em quartos e salas, pois deixa o ambiente mais aconchegante e, devido à luz mais suave, se torna menos invasiva.

ILUMINAÇÃO DIFUSA



iluminação difusa distribui o fluxo de luz uniformemente fazendo com que todo o ambiente seja iluminado. Esse efeito é possível com a ajuda de luminárias feitas de vidro ou tecidos claros.

ILUMINAÇÃO DE DESTAQUE



Muito utilizada para destacar uma parte da mobília ou da decoração do ambiente, a iluminação de destaque utiliza spots direcionados e, na maior parte das vezes, com alcance suficiente apenas para iluminar o objeto, uma vez que não é preciso iluminar o ambiente inteiro.

ILUMINAÇÃO DE ORIENTAÇÃO



Muito usada em ambientes escuros e em casas com pessoas idosas, a iluminação de orientaçãoutiliza lâmpadas embutidas no chão ou em paredes para evitar acidentes em corredores e escadas, por exemplo.

Temperatura de Cor



E o LED não serve apenas para iluminar um ambiente. Suas variações de temperatura são tantas que sua aplicação pode ter diferentes funções, principalmente com a ajuda de um dímer.
As lâmpadas LED brancas podem ser encontradas em diferentes tons, desde alguns alaranjados até outros mais azulados. Quanto maior o índice na escala Kelvin, mais azul ou fria a luz vai parecer. Quanto menor o número, mais alaranjada ou quente.
É importante lembrar que as palavras “quente” e “fria” não possuem relação com o aquecimento da lâmpada, pois o LED não irradia calor.

Índice de reprodução de cor



Índice de Reprodução de Cor, ou ICR, é uma escala que mede o grau de fidelidade com que as cores dos objetos são reproduzidas quando eles são iluminados por uma fonte de luz. Quanto mais próximo a 100 for o ICR, mais precisas serão as cores do objeto. A luz do dia é que apresenta o IRC máximo − 100 −, mas já existem lâmpadas LED no mercado com IRC bem próximo à isso.

Conclusão

A iluminação pode fazer muito mais do que levar luz a um ambiente; ela pode também influenciar o seu estado emocional, sua produtividade e até sua saúde. Não deixe para colocar uma lâmpada no teto quando o seu imóvel já estiver pronto: o projeto de iluminação deve ser idealizado antes mesmo do início da construção. Para isso, conte conosco.


A PD LED é especializada em projetos de iluminação e automação, e opera na vanguarda da tecnologia de iluminação LED e de controle.

veja mais em www.pdled.com.br

Você pode ganhar uma consultoria grátis 

em lighting design entrando em contato 

conosco!

Seguidores

Pesquisar este blog