Ricardo Freitas - Site

Receba novidades por e-mail.

sábado, 26 de maio de 2012

Nossa Arquitetura: Rio de Janeiro em 1936

Nossa Arquitetura: Rio de Janeiro em 1936: Um documentário, dirigido pelo norte americano James A. Fitzpatrick ‘s, mostra um Rio de Janeiro diferente  da cidade que conhecemos ho...

domingo, 6 de maio de 2012

LANDO - Soluções de Som Ambiente

Som Ambiente, Mono ou Stereo?
O som ambiente não tem a pretensão de criar um palco sonoro ou de produzir qualquer outro efeito espacial alcançado com sistemas stereo.
O objetivo do som ambiente é de criar uma sonorização uniforme, e onipresente sem chamar a atenção para si mesma. Isto só é possível com um sinal MONO e uma boa distribuição dos falantes. Isto vale para falantes de parede e principalmente para falantes embutidos no forro.
Potencia 
Para alcançar uma boa uniformidade em todo ambiente, usam-se vários pontos de som com potencias baixas. Valores típicos para som ambiente são de 3 a 15 watts por caixa.
Cabeamento
O tipo de cabo mais adequado a ser usado, depende de 3 fatores; Distancia, Sistema de transmissão e potencia total. A espessura do condutor deve ser maior, quanto maior for  a distancia, e quanto maior a corrente a ser transmitida. Cabos inadequados geram perda de sinal (qualidade) e de potencia no ponto final.
Dependendo do sistema de transmissão (2-8 ohms, linha 70V), a espessura mínima necessária, pode variar em até 300%.
Amplificação Centralizada x Amplificação Decentralizada 
Em sistemas pequenos, com curtas distâncias, a amplificação centralizada é a mais comum. Um amplificador fornece o sinal para todos os falantes distribuídos em um ou vários ambientes. Se os falantes estiverem em ambientes diferentes, atenuadores podem ser usados para abaixar o volume em relação ao volume máximo predeterminado pelo amplificador central.
Em sistemas com mais ambientes, e com distancias maiores, a amplificação decentralizada se torna mais eficiente. Neste caso distribui-se o sinal de acordo com a demanda de potencia local.
Soluções LANDO de Som Ambiente
  • Lando-Line Transformer L-TL 100
Transforma a saída Zona 2 amplificada do receiver em linha de 70V/100W.
Esta solução tem várias vantagens sobre o uso de um setorizador para fazer um tipo de casamento de impedância para os falantes de 8 ohms. Com o L-TL 100 não existe um numero fixo de setores. Contanto que a potencia total fique dentro do limite máximo de 100W, pode se ligar tantos setores quanto necessário e alocar a potencia necessária para cada um, sem precisar configurar nada.
Dentro de cada setor pode ter um numero livre de falantes. Um setor pode ter apenas um falante enquanto um outro tenha 4 e um terceiro 8 falantes. Desta maneira pode se aproveitar e distribuir livremente toda potencia disponível do amplificador.
O L-TL 100 protege o amplificador, e falantes de danos por volumes excessivos. Cada setor pode ou não ter um atenuador para abaixar o volume só do setor. Cabos mais finos. Devido à tecnologia de 70V cabos de 2x0,75mm, são suficientes para distancias até 25mt.
  • Atenuador LAT 40

Atenuador para até 40W (ex.: 8x5W ou 2x20W).
Onde for interessante pode se prever um atenuador para regular o volume do setor em questão. o LAT 40, pode ser montado em qualquer espelho de acabamento disponível no mercado, para caixas 2x4 ou 4x4. Nenhum tipo de configuração é necessária para diferentes números de falantes.
  • Amplificador de Linha L-MR 180I

Amplificador de linha 70,7V - 80Watts
Se não quiser roubar potencia do seu Home Theater, ou não tiver uma Zona 2 amplificado no receiver, o L-MR180, fornece 80W en 70V com os mesmos benefícios mencionados acima para o L-TL 100. Sempre que se deseja usar o Home Theater e o som ambiente ao mesmo tempo, é recomendado usar o L-MR 180I, mesmo que o receiver possua Zona 2 amplificada.
  • Amplificador 4 Omhs L-MR230i

Amplificador Integrado Stereo 2 x 50W - 4 omhs.
Um amplificador multifuncional para um sistema Stereo ou som ambiente. Comporta até 4 caixas de 8 ohms na saída. Possui duas entradas de sinal (A e B), e uma entrada especial para MP3 (entrada P2), controles de timbre para agudos e graves, e tem controle de balanço. Bivolt.
  • Amplificador de Parede L-MW 30

Amplificador de parede stereo 2 x 15W - 4 ohms
Um amplificador multifuncional para um sistema Stereo ou som ambiente. Comporta até 4 caixas de 8 omhs na saída. possui duas entradas de sinal, uma interna para som ambiente e uma entrada externa P2, para MP3. O L-MW 30 cabe numa caixa de parede 4x4 com profundidade padrão.
Alternativamente o amplificador pode vir com a fonte separada. Desta maneira ele cabe em duas caixas de parede 4x2.

  • SubWoofer L-CW 300
Subwoofer ativo de embutir no forro.
Um subwoofer ativo com dois falantes de embutir no forro. O módulo de amplificação fica acima do forro e possui a função auto on/off. A regulagem de volume é feito atravez da arandela Master. As arandelas podem ser redondas, quadradas ou retangulares.
O L-CW 300 foi desenvolvido para som ambiente de alto padrão e Home Theaters pequenos (até 16m²).

  • Conversor de sinal L-SC
Conversor de sinal para transmitir um sinal pré-amplificado a longa distância sem captação de ruídos e usando cabos simples, sem blindagem. Possibilita a ligação de 15 amplificadores em paralelo a distâncias até 50mts.



Seguidores

Pesquisar este blog