Ricardo Freitas - Site

Receba novidades por e-mail.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Como escolher o Cabo ideal para sua Caixa

Será que os cabos são tão importante assim em uma instalação de Som??
Saber o cabo ideal não é uma tarefa fácil, podemos fazer uma análise técnica que é uma tarefa muito complicada, ou até acreditar nas promessas de muitos fabricantes que visam o lucro e não a satisfação do consumidor, alguns tem até uma embalagem bonitinha.
A performance de cabos de áudio é principalmente determinada pela sua resistência (R), indutância (L) e sua capacitância de derivação (C). Quanto mais grosso é a bitola do cabo, menor será sua resistência (R), dai a recomendação de cabos mais grossos para distâncias maiores.
Outro ponto a ser observado em cabos construídos por fabricantes sérios, é a "Direcionalidade do fluxo de elétrons", ou seja condutores (cabos de áudio) de boa qualidade possuem direção e apontam para a frente (esquerda para a direita), normalmente seguindo a legenda impressa no cabo, o que também diminui a resistência (R).
Vamos a um exemplo de sucesso;
Na década de 70, auge da moda das discotecas, era comum Luz e Amplificadores trabalharem juntos, causando interferências no som, nesta época era "aceitável" ruídos e chiados sendo reproduzido pelas caixas acústica. Então Ray Kimber se propôs a solucionar o problema, criando cabos de áudio que eliminavam os ruídos. Isso levou a elaboração do conceito de cabo trançado, que não apenas eliminava as interferências por RF, mas também resultava no áudio mais puro e musical.
Em 1979 Ray Kimber fundou a Kimber Kable com o lançamento do primeiro cabo para áudio, o 4PR. Adotando assim a tecnologia OSCaR (Objetive, Subjective, Correlation e Results) onde todos os cabos são:

  • Testados Objetivamente com medições cientificas
  • Os cabos são sujeitos a testes Subjetivos
  • Resultados Objetivos e Subjetivos são analizados para determinar a Correlação entre os critérios.
Com isso, se completa o link entre os resultados científicos e de audição para o melhor produto.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Cambridge Áudio - Lançamento linha CX

Apresentando a série CX, magia de áudio para sua paixão musical.

   No dia 29 de Outubro, o Sr. Kurt Chapman, gerente internacional de vendas da Cambridge Áudio, veio ao Rio de Janeiro conhecer o nosso centro de treinamento e para apresentar o lançamento da nova linha CX da Cambridge. Kurt explicou aos convidados que esta nova linha é baseada em 3 premissas; ser um produto acessível de comprar, fácil de instalar e fácil para o usuário operar. Que através de uma pesquisa em todo o mundo, eles chegaram a conclusão que as pessoas querem um aparelho para controlar e enviar suas musicas através de seus tablets e Smartphones, e a linha CX foi criada para integrar toda esta tecnologia. Sendo uma linha de produtos premiada logo no inicio com o premio de produto do ano da HI-FI Awards 2015.
Kurt falou que o ponto de partida da Cambridge foi a construção de um Network Player - o CXN - que é simples de usar e oferece uma qualidade de audiófilo da sua fonte digital preferida. Em seguida veio o - CXA - um Amplificador integrado, construído com todo o Know-how da Cambridge em alta fidelidade com seus DACs poderosos e o Cd Player CXC.




   As Joias da Gama são os dois receivers AV, o CXR120 e o CXR200, usando toda a técnica que sabem sobre o HI-FI e incluindo uma poderosa experiencia em Home Theater, acrescentando dispositivos de rede e streaming, capaz de proporcionar um som como você nunca ouviu antes.



   Para completar a linha CX foi desenvolvido um Player Universal capaz de reproduzir qualquer tipo de mídia de qualquer fonte. O CXU é o pináculo do cinema em casa com som high end. Projetado para o melhor desempenho e reprodução de seus filmes e musicas favoritas, o CXU tem incomparável conectividade tornando-se um HUB completo de cinema em casa, seja qual for a sua fonte.







O Profissional de Áudio e Vídeo

Gigantes da Internet, Crise Economica, Crise Politica, Dólar alto, Inflação, são tantas coisas juntas para desestimular qualquer profissional.
Sabemos que existe uma crise no país, ouvimos todos os dias nos noticiários que o mercado esta em recessão, que o desemprego esta destruindo a vida das famílias e quando olhamos para o nosso negócio começamos a transferir essas informações horríveis para dentro da empresa e logo vem o desestimulo de investir, de ampliar nossos negocios.
Mas afinal o que vendemos??
Receiver, Central Multiroom, Alto Falante, Vídeo Conferencia, Microfone, Mesas de Som / Vídeo, Automação, Iluminação, Cabos, Bluray, Tv, Projetor, Tela, Painéis de Conexão .....
O que fazemos afinal??
Precisamos acordar para o mercado e então iremos perceber que nós vendemos sistemas audiovisuais, composto de:
Prospecção, Projetos, Venda, Instalação, Configuração, Treinamento, Manutenção / Suporte ....
Algumas vezes fazemos apenas parte do sistema (prospecção e projeto), algumas vezes conseguimos fazer todo o sistema (da prospecção ao suporte de pós vendas), contudo precisamos vislumbrar todo o sistema para sabermos como encontrar novas receitas.
E a maioria dos Profissionais de AV, embora tenham todo este potencial, continua insistindo somente no mercado domestico. 
Diria que existem 2 mercados de áudio e vídeo: Entretenimento e Comunicação.
Instalações residenciais e de Home Theater se enquadram no entretenimento.
Gostaria de abrir novos mercados para vocês no segmento de comunicação.
O áudio e vídeo serve como auxilio a comunicação. Nesse desenho, um sistema de áudio que instalamos em um auditório, auxilia um palestrante a se comunicar com a audiência; um painel de mesa com conexões AV e um cabo que conectamos em um projetor auxilia uma reunião a fluir melhor e encontrar os resultados adequados; um sistema de sinalização digital em um hospital ajuda aos pacientes obter mais informações quando esperam; um sistema de som distribuído em uma portaria de um grande galpão ajuda aos caminhoneiros que esperam a saber qual deles deve se apresentar .... e assim por diante
Aqui o áudio e vídeo é uma ferramenta para auxiliar o "negocio" principal do cliente. Devemos ver o AV como meio e não fim, assim ele estará servindo para a comunicação do nosso cliente.
Nessa ótica, quem não é nosso cliente?? 
Todos se comunicam ou precisam se comunicar para vender mais e prosperar. Desde o pastor / padre, até o cirurgião, do vendedor ao cartório, da usina a rodoviária, a comunicação audiovisual esta sempre presente.
Então, quem poderia se os novos clientes??
  • Residências
  • Salas de Reunião
  • Salas de Videoconferência
  • Escolas, Universidades
  • Órgãos do Governo
  • Palcos de Eventos, Shows
  • Igrejas
  • Clinicas, Hospitais
  • Bares, Restaurantes
  • Fabricas
Todos os negócios nos dias de hoje precisam do sistema de áudio e vídeo para comunicação.
Poderia citar mais aplicações de sistemas de áudio e vídeo em comunicação, mais ai este post não teria fim, mas reparem aonde vamos em qualquer lugar tem uma tela e uma informação.
Precisamos mostrar a este mercado que além de existirmos, que somos capazes de fazer eles se comunicarem melhor através do nosso conhecimento.
Os negócios deles irão crescer através disso e, consequentemente, os nossos.






Seguidores

Pesquisar este blog