Ricardo Freitas - Site

Receba novidades por e-mail.

sábado, 16 de junho de 2012

Discabos - EkóHouse

A EcóHouse é uma casa com projeto inovador e conceito ecológico com o objetivo de ser autosuficiente produzindo sua própria energia. 
Desenvolvida pela USP e UFSC para competir na Solar Decathlon Europe 2012, a casa esta sendo pré montada no campus da USP e em seguida será transportada para a montagem na Espanha. A Discabos não só apoia essa iniciativa como também participa, fornecendo alguns de seus produtos na construção desta casa.
A casa tem um sistema construtivo modular, isso facilita o transporte dos materiais, a montagem e a desmontagem da casa. Mas e as conexões da casa como ficam? Em cada módulo da casa existe um painel da Discabos, linha AV Life para conectar de forma prática os sinais que estão sendo passados pela casa. Isso inclui sinais de rede, automação, áudio e vídeo. Confira as fotos exclusivas abaixo e o vídeo que mostra o sistema construtivo da EkóHouse.
O sistema de automação da EkóHouse foi todo cabeado com cabos especiais para automação fornecidos pela Discabos. Ele é estruturado de acodo com quatro diretrizes principais: conforto, economia de energia, informação para o morador e segurança. Cada dispositivo ou recurso que é inserido na casa responde a pelo menos uma destas diretrizes.

O desenvolvimento do projeto da EkóHouse demonstra que cada vez mais sistemas de automação e informação residencial podem atuar como gerenciadores de informações, além de poderem viabilizar a integração dos diferentes sistemas de uma residência. Por exemplo, com uma pequena estação meteorológica na parte externa da casa e monitores internos de temperatura e umidade, a programação de automação da EkóHouse controlará abertura de brises e operação de ar condicionado para que a temperatura interna seja mantida dentro da temperatura desejada.
Além disso a EkóHouse é uma casa de energia zero, ou seja, é uma residência que busca chegar ao equilíbrio entre produção e consumo de energia elétrica. Durante o dia os painéis solares instalados no telhado produzem energia e o consumo geralmente é menor. A energia sobressalente é jogada na rede elétrica gerando créditos que poderão ser utilizados a noite, quando os painéis não estão recebendo a luz do sol. Este sistema de créditos de energia elétrica já é utilizado em alguns países da Europa e promete ter cada vez mais aderência no decorrer dos próximos anos.
Mais informações, fotos e vídeos sobre o projeto e a tecnologia utilizada na casa você encontra no site www.ekobrasil.org.



Seguidores

Pesquisar este blog