Ricardo Freitas - Site

Receba novidades por e-mail.

segunda-feira, 8 de março de 2010

DISCABOS - Novidades HDMI 1.4a




Seguindo as atualizações feitas pela Organização HDMI, no dia 04/03/2010, foi liberada a especificação HDMI 1.4a.

Na verdade, ela veio apenas para especificar os equipamentos quanto a definição para imagens 3D. Isso é muito importante, para que todos os fabricantes de equipamentos tenham uma especificação a seguir, e assim, eles "se comuniquem bem", evitando problemas de conversação, e ao mesmo tempo, os cabos construidos sob as especificações HDMI 1.4, possam suportar os sinais da imagem 3D.
Ao mesmo tempo, foram liberados as especificações do teste de conformidade para HDMI 1.4, assim em breve deveremos começar a ver empresas mostrando seus certificados.
No que se refere ao conteúdo 3D que esta na moda ultimamente, com muitos fabricantes prometendo produtos para esse ano (devemos começar ver algo antes da Copa inclusive), as duas informações importante para nós são:
- O conteúdo de filmes em 3D devera rodar em 1080p com 24Hz de frequência de imagem (1080p@23.98/24Hz).
- O conteúdo de jogos para video games em 3D devera rodar em 720p com 60Hz de frequência de imagem (720p@50 or 59.94/60Hz).
Fora isso, o conteúdo de vídeo em 3D para transmissões, ou broadcast, teve especificações definidas tambem.
Já esclarecendo possíveis duvidas a respeito dessa informação acima, segue a explicação quanto as definições pré estabelecidas.
Vocês lembram que o HDMI High Speed (nova definição para os antigos cabos 1.3 cat.2) suportam maximo de 10,2 Gbps de banda, e isso seria o maximo definido hoje.
Pois bem, para alcançarmos uma resolução de 1080p com o conteúdo 3D, que basicamente ira duplicar a quantidade de informação para gerar essa imagem, ou deixando mais claro, a quantidade de informação para gerar essa imagem, a frequência da imagem, ou deixando mais claro, a troca de quadros na tela, não pode ser muito rápida, pois isso causaria um aumento muito grande do tamanho da informação, consequentemente, estouraria o limite de banda dos cabos, que não conseguiram transmitir esse conteúdo.
Por esse mesmo motivo, a resolução dos games foi rebaixada para 720p, pois nesse caso, devido ao tipo de conteúdo e por não se tratar de imagem pura (são imagens criadas a partir de computadores) a frequência de troca de quadros deve ser maior, para que a imagem tenha mais realidade, assim para mantermos o conteúdo dentro dos limites necessários, é preciso baixar a resolução.
Não esperem ver conteúdos em 3D com 120Hz ou 240Hz por enquanto.
Os fabricantes de equipamentos com essa tecnologia, sejam eles Displays (TV ou Projetor), fontes (games, BD ou PC) ou repetidores (spliters, switchers ou matrizes), irão respeitar essas especificações acima para tudo correr bem.

Agora é só esperar os equipamentos chegarem no mercado para começarmos a brincadeira.

Seguidores

Pesquisar este blog